Prefeitura Municipal de Parnaíba

Professora Shara Jane lançará livro sobre Sociopoética durante Salipa

A professora Shara Jane Costa Adad, da Universidade Federal do Piauí (UFPI), vai lançar no 5° Salipa o livro “Tudo que não inventamos é falso: dispositivos artísticos para pesquisar, ensinar e aprender com a sociopoética”. O lançamento da obra da escritora, que é parnaibana residente em Teresina, acontecerá no sábado, dia 15 de novembro.

 

shara-jane

 

O livro do qual a professora Shara Jane é co-autora, trata de uma temática nova, a sociopoética, e que pode despertar interesse num público bastante diverso como estudantes e profissionais que trabalham com o corpo e o movimento, o riso na educação, a leitura na escola, o afeto na escola, o ensino do Direito na relação com a arte, a sexualidade na escola, a ancestralidade no quilombo, o currículo na Pretagogia, dentre outras áreas.

 

A escritora conversará com o público do Salipa sobre a contribuição da sua obra em diferentes espaços educacionais desde escolas formais, escola de balé, escola de circo, quilombos e com diferentes agentes sociais crianças, jovens e adultos.

 

O criador da sociopoética e organizador do livro, Jacques Gauthier, analisou a obra e seu alcance: “Este livro é uma avaliação participativa e crítico-poética, um retorno plural, ampliado, transformado, melhorado, da invenção de 1994. Ele é comemoração de 20 anos de persistência e de invenção contínua de muitas e muitos jovens pesquisadores que caminharam sociopoeticamente, dando-lhe caras e cores inéditas, propulsando-o em devires de foguetes e fogos”, comentou.

 

ACESSO LIVRE DO PÚBLICO AO LANÇAMENTO

 

O Bate Papo Literário, espaço no qual são lançados livros, acontecerá na Praça de Eventos Cláudio Véras (espaço coberto em frente a entrada do auditório do Porto das Barcas). O acesso do público é livre e será concedido certificado mediante verificação de presenças no final do evento. A organização do evento informa que não haverá necessidade de inscrições para participar do bate-papo literário com os escritores, pois a presença será registrada na hora.