Prefeitura Municipal de Parnaíba

Prefeito Mão Santa faz entrega de órteses para famílias carentes de Parnaíba

 

Em solenidade realizada na manhã de hoje (5) no auditório da Prefeitura, na Rua Itaúna, com a presença do Prefeito Francisco de Assis Moraes Souza, foi feita a entrega, através das Secretarias de Saúde e da SEDESC (Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania) de 19 cadeiras de roda, 9 sapatos específicos para pés diabéticos, uma cadeira de banho, além de vários andadores e bengalas para famílias carentes de vários bairros de Parnaíba.

 

 

A Secretária de Saúde, Rejane Moreira, disse na ocasião que essas cadeiras entregues hoje foram para as pessoas que fizeram cadastro junto à SEDESC. Ela disse que como estas cadeiras demoram muito a chegar a Secretaria de Saúde, juntamente com a Sedesc, estão com um projeto que está sendo lançado hoje, denominado  “Cadeira na Hora”.

 

 

Segundo ela, através desse projeto, as pessoas que necessitarem de cadeiras irão ficar utilizando cadeiras de propriedade da prefeitura enquanto chegam as cadeiras a serem doadas em definitivo. Haverá uma rotatividade de cadeiras para que os necessitados não fiquem sem assistência. Ela esclareceu, no entanto, que as cadeiras entregues hoje não são emprestadas e as pessoas que receberam são proprietárias.

 

 

 

Rejane Moreira também informou sobre o projeto “Pé diabético” que é uma parceria da prefeitura com a Universidade Federal do Piauí, Campus Ministro Reis Veloso, onde o atendimento é feito no prédio do Centro de Especialidades Médicas, no bairro Piauí, onde as pessoas que procuram atendimento nos postos de saúde são encaminhadas para esse projeto, oportunidade em que o médico, junto com sua equipe, vai dar uma olhada no pé do paciente para saber se aquela pessoa vai ter lesão ou não, já fazendo a prevenção.

 

Já a Secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania, Adalgisa Moraes Souza, disse na oportunidade, que a entrega desses equipamentos é um momento importante para a Prefeitura de Parnaíba porque está garantindo os direitos da pessoa com deficiência.

 

Segundo ela,  o acesso a esses equipamentos fará com que a pessoa com deficiência viva melhor e com condições de se locomover mais facilmente e com mais liberdade.

 

Texto: João Câncio