População tem até o dia 26 para se vacinar contra a influenza

Restando apenas uma semana para o término da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza, a procura ainda tem sido baixa nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Parnaíba, PI. O índice de procura, que estava em 40%, teve aumento de 10% durante o Dia D, ocorrido no último dia 13. No entanto, a atual cobertura de 50% ainda é baixa, conforme explicou o gerente de imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Charles Lima. A meta é imunizar 90% da população de Parnaíba.

 

“Atualmente estamos com uma cobertura de 50%, ou seja, a procura ainda está abaixo do esperado. Alertamos as pessoas que estão dentro do grupo de risco, a ficarem atentas aos perigos que estão expostas. Precisamos fechar as portas de entrada dessas doenças. A vacina é segura, tem eficácia e garante proteção contra os piores tipos de influenza que levam as vítimas ao hospital, que causa internação e que pode até evoluir para o óbito”, observa Lima.

 

Charles Lima lembra que 2013 houve uma pandemia do vírus influenza e que para evitar novos surtos, a população também precisa fazer a parte dela.  “Quando parece estar tudo bem as pessoas tendem a baixar a guarda e assim, acabam se expondo a doenças. Por isso reforçamos e orientamos aqueles que ainda não se vacinaram, que procurem um posto de saúde o mais rápido possível”, aconselha.

 

Fazem parte dos grupos prioritários crianças de 06 meses até menores de 05 anos, gestantes, puérpuras (até 45 dias após o parto), idosos, profissionais de saúde, pessoas com transtornos mentais, portadores de doenças crônicas como diabetes, asma, hipertensão e aqueles que tiveram sequelas graves como Acidente Vascular Cerebral (AVC). Os professores, que este ano passaram a ser inclusos no projeto, ganharam mais uma facilidade. De posse do contracheque e de um documento de identificação com foto, eles também podem procurar os postos de vacinação e solicitar a dose.